Assistência 24 horas em português aos passageiros em destino!

Atendimento: 00 XX 52 998 254 2636


Chichén Itzá
Explore um dos maiores centros arqueológicos da cultura maia

Nomeado como uma das sete novas maravilhas modernas do mundo, neste passeio irá conhecer: a Pirâmide de Kulkulcán, o deus maia do sol, Castillo, Templo dos guerreiros, a quadra do jogo de pelotas, Observatório e o Cenote Sagrado, tudo isso acompanhado de um guia que fala nossa lingua.

Tarifas
-
Adultos Crianças (4-11 anos) Infanti (0-3 anos)
Selecione uma data.
a partir de R$ 324,85
Detalhes

ATENÇÃO: operação em português ou bilingue dependendo do dia da semana e região que estará hospedado.

Quartas e Domingo: em português para hotéis localizados em Cancun; Terças: bilingue (com português) para hotéis da Riviera Maya;

 

EL CASTILLO

Iniciamos o passeio no templo principal, chamado El Castillo ou o Templo de Kukulkan (Templo da Serpente Emplumada). Este templo foi edificado em homenagem a Chaac (deus da chuva e da água) e construído no período clássico dos maias no ano 800 d.C.   Surpreenda-se com esta pirâmide de quatro faces, onde cada lado representa uma estação do ano - é formada por 91 degraus de cada face, que multiplicados por seus 4 lados dão 364,  que se somados com mais um degrau para o templo, nos dá 365, que representam os dias do ano.  Os 52 retângulos de cada lado representam as semanas do ano e os dois equinócios, que acontecem nos dias 21 de março e 22 de setembro respectivamente - cerca de 30.000 pessoas vão a este lugar para testemunhar o equinócio da primavera (o alinhamento dos planetas por volta das 15:45) onde podem observar do lado norte do templo ou na pirâmide, a descida (simbólica) de Kukulkan, formados por 7 triângulos e a cabeça de uma serpente esculpidos na pirâmide que são iluminados pelo sol.

JUEGO DE PELOTA

Depois do Templo de Kukulkan visitamos a quadra do maior juego de pelota do mundo maia. Dois times jogavam neste lugar, cada um com 7 integrantes, passando a bola de borracha de aproximadamente 4 quilos através de um aro. Este jogo era praticado com os joelhos e os quadris. O prêmio para o capitão vencedor (o melhor) era a morte - no final era decapitado no centro da quadra. Os maias faziam este sacrifício pela religião, pois, acreditavam que quando o sangue do capitão vencedor caía sobre a terra dos deuses, eles ficariam contentes e lhes enviariam melhores colheitas.  

PLATAFORMA DO JAGUAR E DAS ÁGUIAS

Estes animais eram considerados sagrados e este era o lugar onde eram venerados. Nas gravuras das pedras você poderá observar como eram feitos os sacrifícios.

TSOMPANTLI (Plataforma das Caveiras)

Aqui você verá gravuras de crânios incrustados em paus, águias segurando corações humanos com suas garras e gravuras de guerreiros com cabeças em lanças que eram erguidas como troféus.

TEMPLO DOS GUERREIROS

Lugar onde os maias realizavam seus sacrifícios humanos em homenagem a "Chaac" (deus da chuva e da água), onde celebravam os grandes eventos e onde você poderá ver as colunas quadradas com as gravuras dos guerreiros maias mais valentes. Também é o lugar onde ficava o grande mercado de Chichen Itza (1000 colunas).

O OBSERVATÓRIO

Este edifício tem a mesma forma dos observatórios atuais, porém foi construído há 1200 anos. Conserva até hoje as quatro janelas por onde os maias observavam o universo e o céu, 24 horas por dia, sem o uso de nenhum objeto tecnológico, somente observando o sol, a lua e a estelas. Naquela época os maias já sabiam: Um mês dura 30 dias; Um ano dura 365 dias e 6 horas; Os eclipses; Os equinócios;

No interior do edifício você verá a escada em formato de caracol que davam até as tais “janelas” e também descobrirá o porquê desta construção ter este nome.

 

Inclui:

Transporte de ida e volta com ar condicionado; Guia bilíngue; Entrada em Chichén Itzá; Entrada ao cenote Ik Kil; Almoço self-service; Garrafinha de água entregue antes de entrar na Zona Arqueológica; Sombrinhas para o passeio guiado em Chichén Itzá. 

 

Não inclui:

Bebidas a bordo do transporte e durante o almoço;

 

Taxas e serviços adicionais:

Autorização para utilização de câmeras filmadoras nas ruinas de Chichén Itzá;

 

Observações:

Lojas disponíveis para compra de artesanatos e lembrancinhas;

 

Recomendamos:

Ir com roupas e tênis confortáveis, traje de banho, toalha e dinheiro;